É longa a discussão sobre a agressividade de cães da raça pit bull, embora seja constatado que a agressividade dos animais esteja mais relacionada com a forma como esses animais são criados e tratados e menos com a sua raça.

Angel é uma pit bull que tinha o hábito de rosnar e mostrar os dentes quando as pessoas se aproximavam dele, e devido a esse comportamento ela era rotulada de agressiva, assim os voluntários preferiam manter uma certa distância segura da cachorra e nenhum tinha coragem de tirá-la do canil.

Na cidade de Sioux City é estritamente proibido a adoção de Pit Bull, quando eram recolhidos na cidade eles eram colocados na parte de trás dos abrigos, exatamente pela proibição de adoção desses animais.

Até que uma voluntária percebeu o sofrimento da cachorra, partindo seu coração só de pensar que provavelmente ela seria sacrificada dentro de alguns dias, então precisaria fazer algo a respeito com urgência, resolveu chamar uma amiga especialista em comportamento de cães que decidiu conhecer Angel.

Num primeiro momento levaram Angel para fora e colocaram no quintal, no mesmo instante a cachorra rolou no chão, mostrando sua adorável barriga, ela não parecia nem um pouco agressiva, o que levou a conclusão de que as pessoas poderiam estar apenas fazendo suposições sobre sua agressividade, na verdade ela estava apenas assustada.

Ao receber esse parecer da sua amiga especialista, a voluntária ficou bastante animada e quis salvar Angel, porém havia a proibição na cidade que tornaria isso impossível, e muito menos poderia adotar a cachorrinha, para piorar a situação, todos os abrigos estavam com a capacidade lotada com muitos cães pit bulls.

A socorrista então a levou para fora do abrigo e disse que passaria algum tempo com ela, e a levaria ao veterinário para ser internada. Ela aproveitou esse período e também enviou um último texto para a Hug Hearts Foundation, em Los Angeles, e teve a resposta de queriam recebe-los pessoalmente em sua sede.

Ela explicou ao grupo de resgate que Angel estava sendo colocada em pouco mais de uma hora para sacrifício e que não havia mais tempo, então uma pessoa da Hug Hearts Foundation no telefone disse: “Vamos levá-la!”

Diante da urgência, Angel foi levada para Los Angeles, nas semanas seguintes, eles trabalharam com ela, treinando e socializando a cachorra. E surpreendentemente, depois de todo esforço a proibição de Pit Bull também foi suspensa em Sioux City! Além de outras cidades que também estão aprendendo a raça não é o problema, mas como esse cão é tratado.

Para alegria de todos, Angel continua a crescer. Ela conseguiu superar o maior problema da sua vida e estão todos felizes que ela tenha sido resgatada a tempo.