Este exemplar caso foi registrado na cidade de Kerala, na Índia. A história ganhou repercussão quando Anthony, de 72 anos, foi descoberto pela mídia. Desde os 63 anos, de acordo com relatos, ele acorda diariamente, às 3h30, para prepara comida para cães abandonados.

Ele cozinha grandes quantidades de arroz e frango para os animais adultos e filhotes que vivem no bairro. Além do arroz e frango, ele prepara “marmitas” com biscoitos de sobremesa para os cachorros.

Ele distribui os alimentos ao longo da estrada que une as cidades de Vennala e Jaratha. Anthony, por muitas vezes, diminui a própria comida para ter o suficiente para doar.

“Muitos desses cães estão desmaiando de fome. Antigamente, os alimentos descartados eram colocados diretamente na porta para que os cães chegassem a comer, mas agora colocamos os restos de comida em um plástico, fazemos um nó e jogamos lá fora. Como resultado, os cães não podem ter acesso”, disse Anthony em entrevista à mídia regional.