O estudante suspeita que o cachorro tenha sido vítima de envenenamento. O estudante de medicina veterinária Lucas Gabriel Ferreira Martins, de 19 anos, salvou a vida de um cachorro em situação de rua na cidade de Piranhas, em Goiás. O animal sofria uma parada cardiorrespiratória quando foi socorrido pelo jovem.

“Logo percebi que era envenenamento devido às complicações que já tinha ocorrido com um animal meu, o qual foi envenenado. As pessoas em volta não tinham conhecimento da causa. A forma do envenenamento é desconhecida”, explicou Gabriel ao G1.

A ação foi rápida e, após cerca de cinco minutos de massagem cardiorrespiratória, o animal voltou a respirar. O ato solidário aconteceu na última terça-feira (19).

“Eu estava no meu intervalo de aula quando escutei: “O cachorro está morrendo”. Olhei e vi ele se agonizando no chão, então, corri até ele”, disse.

Estudante do primeiro período de medicina veterinária, o rapaz nunca havia salvado a vida de um cachorro.

“Esse foi o primeiro cachorro que eu salvei. O sentimento foi de dever cumprido com a profissão que escolhi seguir”, disse, orgulhoso.

Após fazer o cão retomar a respiração, Gabriel o alimentou. “Após o ocorrido, tratamos dele, oferecendo alimento e água para que ele se recuperasse melhor, pois não teve internação.

Depois de um tempo, ele foi embora. Fiquei com medo de ele não sobreviver, tanto é que não consegui acompanhar mais as aulas”, lamentou.