‘Pika-de-ili’ é o nome da espécie de coelho que foi fotografado enquanto passeava entre os penhascos das montanhas Tian Shan, na China. Essa espécie sempre foi considerada mágica pelos chineses exatamente por ser raramente vista.

Essa espécie não aparecia em público há longos 20 anos. A aparição do coelho deixou muitos surpresos e mesmo que esteja correndo sérios riscos de extinção, todos gostaram de saber que a espécie ainda existe. A National Geographic da China foi quem publicou as imagens do animal raro.

Depois de fotografar o animal na última vez que ela apareceu, em 1983, o fotógrafo Li Weidong foi novamente o responsável pelos cliques recentes.

Ele passou seus dias estudando sobre esses bichos e usou pistas como rastros e excrementos para descobrir onde habitam e se estão presentes ativamente na fauna do país, estima-se que de 1990 a 2005, o número desses coelhos caiu de 2,9 mil para 2 mil.

Com base nesses estudos, atualmente há cerca de mil animais dessa rara espécie na natureza e como precisam da neve para sobreviver, as mudanças climáticas vêm sendo as maiores rivais dos ‘pika-de-ili’.

Muito embora a epécie rara desse animal seja rodeado por tantos perigos, estranhamente, elea não faz parte da lista de vida selvagem da China, que garante proteção especial do Estado aos animais.