É difícil encontrar lar permanente para animais de estimação com necessidades especiais.

Afinal, eles exigem mais atenção e cuidado. Tracey Fowler de Mendon, Vermont, no entanto, está pronta para esse desafio.

Desde que perdeu Hayden, seu amado pastor alemão, há alguns anos, Tracey tem adotado filhotes abandonados, com deficiência, que são invisíveis em abrigos.

Sem a menor chance de serem adotados.

Agora sua gangue é composta por oito cães. Ela os chama de The Fowler Herd, e com a ajuda de Tracey, eles estão vivendo a melhor vida que jamais sonharam.

Hayden atravessou a ponte do arco-íris depois de uma batalha contra a mielopatia degenerativa”, disse Tracey ao Bored Panda.

O cão lutou contra a doença brutal por muito tempo e acabou precisando de uma cadeira de rodas.

Mas a paralisia não tirou seu espírito feliz e brincalhão. Tracey disse que ele continuou brincando até o último dia.

Perdendo seu cão amado, ela decidiu honrar sua resistência e fazer a diferença para outros cães como ele.

“Atualmente, tenho oito cães”, disse Tracey. “Seis são portadores de necessidades especiais e 2 são pastores alemães que eu tinha antes de adotar os outros.”

Como você pode imaginar, Tracey adverte seus visitantes a não pisarem no chão.

O Fowler Herd não apenas desfruta constantemente do amor e carinho sinceros de Tracey, mas também é muito divertido.

Especialmente durante o inverno. Quando a neve cobre as áreas em torno de sua residência, Tracey troca as cadeiras de rodas de seus filhotes por esquis para que eles possam continuar suas brincadeiras lá fora.

A mulher de bom coração concordou que animais de estimação com habilidades diferentes não são para todos, mas ela também disse que cuidar deles não é tão difícil.

“Se você tem medo de cocô e xixi, talvez adotar um animal de estimação com necessidades especiais não seja para você. Se você está bem com isso, honestamente, não é diferente do que se eles estivessem andando normalmente. ”

Quanto ao The Fowler Herd, eles planejam continuar rolando e esquiando. “Se somos capazes de mostrar a um proprietário, existe outra opção além de dizer adeus [ao animal doente], então esse é o nosso objetivo.”

Que coração bondoso o de Tracey. História digna de ser compartilhada, para mostrar que uma vida que importa fez tamanha diferença na vida de Tracey, que que ela foi lá e adotou mais alguns.