Recepções deslumbrantes, cerimônias chamativas, almoços caros e presentes exagerados: muitos casamentos, hoje em dia, são assim, inútil negar. O dia em que duas pessoas se unem oficialmente se torna um evento para o qual não há limites para o luxo, para a aparência e, é claro, também para despesas.

Muitos são, no entanto, os noivos que optam por cerimônias mais simples, ou talvez decidam “dar” seus presentes para colaborar com algo original e útil, para si e para os outros.

É o caso de Jeananne e Jonathan Wickham, um casal americano de Wooster, Ohio, que decidiu receber (e doar ao mesmo tempo) um presente muito especial. Vamos ver qual é.

Nenhuma lista de casamento, nenhum presente tradicional: quem quisesse deixar uma lembrança para o casal, simplesmente oferecia um pouco de ‘bem-estar’ aos animais de um abrigo local.

É isso mesmo: já que Jeananne e Jonathan são grandes amantes de gatos e possuem seis, eles decidiram combinar seu amor por animais com o fatídico presente de casamento. Para fazer isso, pediram aos convidados que fizessem doações para a Wayne County Humane Society, um importante centro de acolhimento e assistência que cuida de todos os animais sem casa ou que passam necessidade.

Dito isto, então: graças ao casamento, os dois cônjuges conseguiram entregar mais de 1200 latas de comida, 750 kg de alimentos secos, produtos de limpeza e mais de 2.000 dólares para os cuidados médicos de amigos de quatro patas no abrigo. E o dinheiro do presente de Jonathan e Jeananne imediatamente encontrou uma excelente utilidade, pois chegaram exatamente no momento em que Debbie e Peaches, dois gatinhos com sérios problemas de saúde, precisavam de cuidados caros.

Uma demonstração de bondade e generosidade realmente benéfica e original, que além de tornar muitos animais menos afortunados mais felizes, pode nos fazer pensar. Às vezes, de fato, pode ser bom não se deixar levar demais pela lógica excessiva do consumismo, da acumulação e do luxo e, em vez disso, pensar no que podemos fazer, mesmo com um pouco de esforço.